Surfistas de todo o País disputam competição de ondas grandes em Itacoatiara

Niterói vai sediar  Itacoatiara Big Wave 2022, uma competição de ondas grandes, na Praia de Itacoatiara, na Região Oceânica,  a partir  do dia 1º de junho até 31 agosto. A janela do evento é o monitoramento das condições meteorológicas diárias das ondas, que determina o início da competição.

A Associação de Surf de Ondas Grandes de Niterói, realizadora do evento, com apoio da Neltur, prevê que  50 surfistas, entre homens e mulheres, virão de várias partes do País  para participar do evento, agitando ainda mais a Região Oceânica.

O período “janela” (entre junho e agosto) é definido pela análise diária da organização, caso as condições meteorológicas sejam favoráveis com o aparecimento das ondas consideradas grandes, acontecem até 4 chamadas (calls) para as sessões de surf válidas para o campeonato.

Essa será a primeira vez no país que um evento como este terá como modalidades a remada e tow in (surf rebocado por jet ski). A premiação total será de 100 mil reais.

A competição também premiará os cinegrafistas e pilotos de jet ski que rebocarem os surfistas. Segundo a organização serão reunidos cerca de 50 profissionais.

Nos dias das sessões válidas para a competição cinegrafistas registrarão as performances dos surfistas e as ondas surfadas serão julgadas por uma comissão de arbitragem profissional, a partir de critérios adotados pela Liga Mundial para o surf de ondas grandes. Aqueles atletas que obtiverem o maior somatório nas suas duas melhores ondas serão os vencedores.

Nos dias do evento, haverá uma UTI Móvel de plantão e a segurança aquática acontecerá com apoio de dois jet skis especialmente voltados para essa função. No entorno da Praia de Itacoatiara a NitTrans – Companhia de Trânsito de Niterói estará dando apoio realizando intervenções necessárias para a fluidez do trânsito.

A organização do Itacoatiara Big Wave 2022 fará várias ações visando a educação ambiental de crianças e adolescentes, em conjunto com   INEA – Instituto Estadual do Ambiente, Secretaria Municipal  de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Secretaria Municipal do Clima, CLIN – Companhia de Limpeza de Niterói e da médica dermatologista Dr. Fabiana Wanick.

Dentre essas ações vale destacar o plantio de 100 mudas de árvores para executar a compensação de lançamento de dióxido de carbono no ambiente. Pela primeira vez, um evento se preocupará com essa questão tão importante.

Outras ações englobarão mais sobre educação ambiental, como a limpeza da restinga de Itacoatiara, educação voltada para o mar, conscientização sobre cuidados com a pele, distribuição de produtos, além de atividades recreativas na Praia de Itaipu, com participação de surfistas competidores dando noções básicas do esporte.

O evento movimentará toda a cadeia produtiva da cidade, seu setor audiovisual, de fotografias, de vídeos e redes sociais, além da rede hoteleira e gastronômica local, principalmente na Região Oceânica, mais precisamente nos bairros de Itaipu e Itacoatiara.

Para Paulo Novaes, Presidente da Neltur – Niterói Empresa de Lazer e Turismo, grande apoiadora do evento, a cidade é vocacionada para os esportes realizados no mar: “ Niterói tem vocação para se realizar esportes náuticos, como o bodyboard, o surf e a vela e, a praia de Itacoatiara, com suas ondas grandes é apropriada para eventos como este que impactam diretamente o turismo da cidade movimentando sua cadeia econômica, envolvendo assim seus polos hoteleiros, gastronômicos e de moda”, destacou Novaes.

Para Alexei Wanick, Presidente da Associação de Surf de Ondas Grandes de Niterói, o Itacoatiara Big Wave 2022, possibilita tanto o surf na remada na praia quanto o tow in: “Foi pensando nessas características que desenvolvemos o IBW 2022, que é a primeira competição simultânea no Brasil de surf de ondas grandes e tow in. O projeto contribui para consolidar Niterói como referência brasileira no surf de ondas grandes!”, exclama Alexei.

Niterói é um celeiro de talentos em vários esportes e no surf isso não é diferente, surfistas como Bruno Santos, Ricardo Tatuí e Guilherme Herdy fizeram história surfando pelo mundo. Segundo Alexei Wanick, para este IBW 2022 são promessas de grandes performances os surfistas locais, Gabriel Sampaio e Kalani Latanzi, além de Lucas Chumbo que virá de Saquarema, Paulo Moura, o campeão de 2019 e Pedro Calado, de Vargem Grande.

Itacoatiara Big Wave 2022  é realizado pela Associação de Surf de Ondas Grandes de Niterói, com apoio da Prefeitura de Niterói, através  de seus órgãos:  NELTUR – Niterói Empresa de Lazer e Turismo, Secretaria Municipal de Meio Ambiente,  Secretaria do Clima de Niterói, CLIN – Companhia de Limpeza de Niterói, SMEL – Secretaria de Esporte e Lazer de Niterói, NitTrans – Companhia de Trânsito de Niterói. Na área estadual:  Secretaria Estadual de Esportes, INEA – Instituto Estadual de Ambiente e Parque Estadual da Serra da Tiririca.

 Apoiam também o evento a ENEL Distribuição Rio, Cervejaria Máfia e a PredialNet, Galeria Surf e a Reserva Extrativista Marinha de Itaipu.

A cobertura oficial fica por conta do @itacoatiarabigwave e PORTAL WAVE.

A premiação do evento, será na Cervejaria Máfia, em Itaipu,  no mês de setembro, com transmissão ao vivo, contando com a participação de autoridades locais e dos competidores.

Premiação por categorias

REMADA

Surfistas:

1º – 20 mil reais

2º – 10 mil reais

3º – 5 mil reais

Cinegrafistas:

1º – 5 mil reais

2º – 3 mil reais

3º – 2 mil reais

TOW IN

Surfistas:

1º lugar – 20 mil reais

 2º lugar – 10 mil reais

3º lugar – 5 mil reais

Cinegrafistas :

1º lugar – 5 mil reais

 2º lugar – 3 mil reais

3º lugar – 2 mil reais

Pilotos:

1º lugar – 5 mil reais

2º lugar – 3 mil reais

3º lugar – 2 mil reais

Segundo, Alexey Wanick, consta no regulamento da competição que o recebimento da premiação está sujeito a incidência de Imposto de Renda, conforme o Decreto 9580/2018.

Compartilhe em suas redes sociais
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter